Edições anteriores

Reunimos neste espaço alguns destaques das edições anteriores da Mostra de Cinema de Pitangui.

1ª Mostra

Reportagem na TV Integração – A primeira edição da Mostra de Cinema de Pitangui ocorreu de 11 a 15 de novembro de 2010. A TV Integração, afiliada à Rede Globo em Minas Gerais, produziu a reportagem abaixo, que mostra as oficinas de documentário e animação daquela primeira e inesquecível edição.

Cobertura da TV Pitangui – O canal da Prefeitura de Pitangui no YouTube produziu um belo clipe com bastidores. A publicação, com imagens bastante ricas dos processos de produção, destaca as categorias daquela edição (“Especial”, “Competitiva”, “Temática” e de “Animação”), as oficinas de documentário e de animação para crianças, debates, seminários e outros eventos culturais com participações de convidados de todo o Brasil para debater a sustentabilidade audiovisual.

Documentário “Tecendo Memórias” – Resultado da oficina de documentários, conta detalhes de como era o teatro em Pitangui na época em que funcionava a Fábrica de Tecidos Pitanguiense, que depois se tornou a Santanense.

2ª Mostra

Documentário sobre Veloso – A segunda Mostra de Cinema de Pitangui ocorreu em 2013. Dentre as muitas criações da “Oficina de Documentários” está este curta abaixo, sobre o povoado de Veloso, onde vivem descendentes de quilombolas. O resultado emocionou a equipe envolvida na produção e transformou-se em um importante registro histórico das memórias da comunidade, ainda hoje bastante assistido na internet.

Documentário sobre o rio Pará – Os alunos da oficina de documentários produziram esta obra-prima chamada “Pelos Caminhos do Pará”, curta que narra alguns aspectos de como é viver à beira do referido rio. Um trabalho muito bem produzido, editado e finalizado, que teve nota 10/10 e ainda hoje emociona a todos nós.

Agitação cultural

De acordo com a produtora-executiva, Graziella Luciano, a Mostra de Cinema de Pitangui sempre lança discussões pertinentes ao universo da produção audiovisual contemporânea.

“Nas outras duas edições do evento, o público participante das atividades foi de aproximadamente duas mil pessoas. Número relevante para a cidade de Pitangui, que tem cerca de 25 mil habitantes”.

Ainda segundo a diretora-executiva, quase 10% da população pitanguiense participou das ações culturais das outras edições da mostra de cinema.

“Se compararmos hipoteticamente com Belo Horizonte, que tem cerca de dois milhões de habitantes, teríamos 200 mil, ou seja, 10% de pessoas moradoras da capital mineira participando de algum evento de cinema ou mesmo cultural realizado na capital. Fato raro de acontecer nos dias de hoje”, destaca.